Servas reabre Calor Humano

09 de abril de 2018

O inverno de 2018 pode ser tão rigoroso quanto o do ano passado segundo os especialistas. Diante da previsão de temperaturas mais baixas, o momento é de prestar solidariedade a quem não tem meios de se proteger do frio. Por isso, pelo quarto ano consecutivo, o Servas reabre a campanha Calor Humano. As doações podem ser entregues em diversos postos distribuídos em locais estratégicos na capital mineira a partir desta segunda-feira, 9 de abril.

Serão arrecadadas roupas de inverno, sapatos e cobertores para serem doados às instituições de acolhimento de crianças, jovens e idosos e centros de referência à população em situação de rua em todos o estado de Minas Gerais, além de prefeituras. Em 2017, quando foram registradas temperaturas negativas em algumas regiões do estado, as doações ultrapassaram os 30 mil itens.

As doações possibilitaram ajudar 35 instituições de 30 municípios mineiros. “A campanha Calor Humano cresce a cada ano e esperamos que em 2018 não seja diferente. O último inverno foi intenso e conseguimos, com a solidariedades dos mineiros, atender instituições de toda Minas Gerais”, comemorou Carolina Pimentel, presidente do Servas, que espera aumentar a rede de solidariedade para ajudar ainda mais as instituições que cuidam de quem mais precisa.

A campanha de inverno do Servas foi lançada em 2015, quando mais 13 mil peças, entre agasalho e roupas, foram recebidas. Em 2016, esse número saltou para 24.427 itens de frio. “Esse ano, esperamos contar novamente com a solidariedade e a ajuda da população para aumentar ainda mais o número de peças doadas. A previsão é que o inverno seja tão rigoroso quanto o de 2017”, diz a diretora de assistência social do Servas, Maria Cristina Aires.

Uma das instituições atendidas pelo Servas, em 2017, foi a Casa de Repouso Ana de Souza e Silva, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A casa abriga 40 idosos, sendo 17 homes e 23 mulheres e precisa de muita ajuda, especialmente no período mais frio do ano. “Os idosos da nossa casa são carentes e suas famílias também. Para nós, foi um período do ano dramático e as doações ajudaram a minimizar o frio intenso. A maior parte dos abrigados na casa não conseguem andar e são dependentes. Todas as roupas usadas por eles, inclusive os agasalhos, precisam ser lavadas todos os dias”, contou Maria Cleusa Justino de Campos, responsável pela instituição.

 

Postos de coleta:

Servas (Avenida Cristóvão Colombo, 683 – Funcionários)

Cidade Administrativa (Rodovia Papa João Paulo II, 4.001 – Bairro Serra Verde )

Shopping Diamond Mall (Avenida Olegário Maciel, 1.600 – Lourdes)

BH  Shopping (BR 356, 3.049 – Belvedere)

Shopping Pátio Savassi (Avenida do Contorno, 6061 – São Pedro)

Academia Cia Atlética (Avenida Olegário Maciel, 1.600 – Lourdes -Shopping Diamond Mall)

Rede Minas (Rua Tenente Brito Melo, 1090 – Barro Preto)

Centro Universitário Newton Paiva (Avenida Silva Lobo, 1730)

Centro Universitário Uma (Rua dos Guajajaras, 175 – Centro)

Cruzeiro – Sede administrativa (Rua Timbiras, 2903 – Barro Preto)

Precon Engenharia (Rua Albita, 131 – Cruzeiro)

Linx Sistemas e Consultoria (Avenida Barão Homem de Melo, 3.280 – Estoril)

Fórum Laffayette (Avenida Augusto de Lima, 1.549 – Barro Preto)

Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1.537)

Metrô (Estação Central (Praça da Estação)

 

  • As unidades do Supermercado Verdemar começarão a receber as doações a partir de 1º de maio.